Destaques › 06/11/2019

Arquidiocese inicia 59ª Assembleia Pastoral

Mais de cem pessoas, entre padres, diáconos, religiosos e leigos, participam da 59ª Assembleia Pastoral da Arquidiocese de Natal, nestes dias 6 e 7 de novembro, no Centro Pastoral Padre Antônio Vilela, da Paróquia de Nossa Senhora da Candelária, no bairro da Candelária, zona sul da capital.

A programação iniciou às 9 horas da manhã, desta quarta-feira, com um momento de oração, conduzido pelo Diácono Haroldo Lima. A abertura oficial foi feita pelo arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha. “Para os próximos quatro anos – 2020 – 2023, pensemos no objetivo geral do nosso Plano Pastoral: evangelizar, seguindo a Palavra de Deus”, enfatizou o arcebispo. Ele também destacou que, no processo de evangelização, é preciso formar discípulos e discípulas, missionários e missionárias do Senhor, rumo à plenitude”.

Depois da abertura oficial, o Diácono Edmar Araújo fez uma reflexão sobre os eixos norteadores das novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e, também, sobre a importância do planejamento pastoral, numa perspectiva da sinolidade. “Por que uma Igreja sinodal? O Brasil passa por uma grande crise, em várias instâncias, inclusive religiosa”, indagou o Diácono. Ele chamou a atenção para os problemas vividos pela população das cidades, especialmente o desemprego.

A celebração da missa, presidida pelo arcebispo, encerra a programação da manhã, nesta quarta-feira. Após o almoço, o coordenador arquidiocesano de pastoral, Padre Flávio Herculano, vai apresentar as nove metas propostas durante as assembleias pastorais dos Vicariatos Urbano, Sul e Norte, realizadas anteriormente. Depois da apresentação, os participantes se dividirão em grupos, para analisar as propostas e como inseri-las no Plano Pastoral Arquidiocesano. A 59ª Assembleia segue até esta quinta-feira, ao meio dia.

Veja fotos da Assembleia, acessando facebook.com/arqnatal

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X