Notícias › 10/06/2016

ARTIGO: “Enamorar: um ato supremo de amar”

ItaloÍtalo Diego Nogueira de Morais
Agente pastoral na Paróquia de Nossa Senhora da Candelária, Natal

O dia dos namorados tem um sentido real na sociedade e causa uma pressão saudável nos namorados para estarem juntos e consequentemente, fazer aquela troca de presentes. Sendo assim, ao iniciar este dia, dedico uma frase que resume o poder do amor no dia dos namorados: “O amor é Deus, e pra qualquer lugar que nós formos, é Ele quem nos leva”. São Tomás de Aquino tornou-se Santo na Igreja Católica Apostólica Romana, e nos deixou essa excelente frase, diante de várias escritas por ele.

Saber vivenciar um namoro na nossa atual sociedade, torna-se um desafio em meio às diversas dificuldades que nos rodeiam. Tempo, distância, disponibilidade, fidelidade, confiança, compreensão, e vários outros motivos, tendem a enfraquecer um relacionamento. Mas, diante dos ensinamentos que a Igreja Católica tanto nos prega, tenho a certeza de que enfrentar essas dificuldades, edifica o namoro, e o leva a um futuro e verdadeiro Sacramento do Matrimônio.

Viver um namoro cristão lhe impõe uma imensa responsabilidade, onde a fidelidade tornou-se coisa rara, e, confiar tem sido cada vez mais difícil. É normal vermos jovens traindo, mentindo, e, consequentemente, dando um fim no namoro. Normal também vermos mudanças de comportamento destes, quando se tornam pressionados pela sociedade a viverem o “momento”. Todavia, assumir o compromisso cristão de viver um namoro sincero e fiel deve nos impulsionar a buscar o sincero e verdadeiro amor entre duas pessoas. São várias as conquistas partilhadas entre um casal de namorados, quando estes decidem assumir uma realidade cristã, e, aqui, posso citar algumas: união entre as famílias, comunhão entre os amigos, encontros dominicais na Santa Missa, participação em grupos de oração ou movimentos na Paróquia, e mais. É preciso ter coragem de assumir essa missão no namoro para que os frutos possam ser colhidos no presente e no futuro. Pensar na construção de uma família, dar alegria ao outro, tornar-se parte de alguém são coisas que dignificam o Homem e a Mulher. Por isso, a importância de acreditarmos que o AMOR transforma qualquer pessoa.

A data do dia dos namorados deve ser um momento em que ambos possam se sentir bem, e, de alguma forma, poder partilhar aquilo que é o essencial: “o amor”. Os presentes, declarações, fotos, isso tudo faz parte da passagem da data, mas o que realmente fica é aquilo que sai do seu coração e atinge o coração do outro como uma flecha. O sorriso, o companheirismo, a sinceridade, o abraço são coisas que valem mais do que qualquer presente nesse dia. Portanto, não espere do outro um presente com um valor material alto, rogue a Deus para que este dia seja vivido acima de tudo com o Amor.

É preciso fazer com que o namoro seja um primeiro passo para o casamento, pois nele está o momento de se conhecer, mostrar-se ao outro, apresentar suas qualidades e defeitos, e aprenderem a compreender as limitações um do outro, momento oportuno para se deixar invadir por esse amor tão belo vindo de alguém que pode ser um(a) companheiro(a) para toda a vida.

Tenho a convicção de que assumir essa realidade na minha vida irá contribuir para a construção de uma bela família alicerçada nesta Igreja tão acolhedora. Namorar me traz a alegria de poder aos poucos partilhar as fases da minha vida com alguém que eu quero alcançar o Sacramento do Matrimônio. Sentir-se privilegiado em receber mais um sacramento das mãos de um Sacerdote e, diante de Deus, entregar-se ao outro e dizer-lhe: “Eu te recebo como minha esposa e te prometo ser fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida”.

Feliz dia dos namorados a todos os casais que assumiram e assumem esse compromisso diariamente, agindo com sinceridade e verdade, fazendo com que a fidelidade seja algo concreto neste relacionamento e que juntos movam montanhas, alcancem milagres, e conquistem o infinito. Viva o Amor!

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.