Escola Diaconal Santo Estevão

images A ESCOLA DIACONAL SANTO ESTEVÃO criado no então governo arquidiocesano do arcebispo metropolitano D. Heitor de Araújo Sales, na década de 90, veio inicialmente para dar resposta a uma necessidade canônica de ter os três graus da ordem completos à nível do Clero de Natal, sendo ordenados inicialmente dois senhores casados que haviam feito sua preparação, um na Diocese de Caicó e outro ainda quando seminarista no seminário de São Pedro, foram eles os Diáconos Francisco Teixeira e o Diácono Francisco Adilson. Após a ordenação destes o sr. arcebispo D. Heitor já com um grupo de homens desejosos a ingressar na ordem diaconal e que já faziam uma caminhada a um certo tempo, na espera pela abertura a este estado clerical, criou e oficializou a escola diaconal dando a ela o nome de Escola Diaconal Santo Estevam. Naquele momento foi criado um grupo de estudos formados por alguns pedagogos e homens que tinham experiências litúrgicas e pastorais, alguns deles por terem feito a experiência de seminaristas, para juntos comporem a grade curricular de estudos e formação aos que ingressariam na Escola Diaconal, partindo de experiências já existentes à nível de Brasil, como por exemplo a Escola Diaconal de Curitiba no Paraná com contatos feitos com o então diretor desta escola o Pe. Walter, autor de diversos livros nesta área, manteve-se também contato com diretores de escolas diaconais em outros estados, foi-se assim construindo um protótipo de uma grade curricular que respondesse naquele momento a aquela necessidade inicial e com o decorrer do tempo esta grade foi sendo melhorada e atualizada.

santo_estevao

Santo Estevão, patrono da Escola Diaconal

O primeiro diretor convidado para dirigir e conduzir o processo de formação aos candidatos ao diaconado permanente foi o Pe. Francisco Lucas de Sousa Neto que por um período acompanhou e conduziu este processo, nesta época a Escola Diaconal começou seu funcionamento no então Centro Pastoral Santo Estevão localizado no bairro do Bom Pastor, depois vindo para as acomodações do Seminário São Pedro, onde permaneceu por um bom tempo, com a nomeação de um dos Reitores para o Seminário São Pedro entre os anos de 2000 e 2010, achou por bem que escola funcionasse em outro espaço, nesse período sendo transferida para as salas localizadas no Instituto de Teologia Pastoral de Natal, ficando lá até a ordenação da sua última turma. O 2º diretor nomeado ainda por D. Heitor foi o Pe. Alfredo de Oliveira Costa Filho, que teve a responsabilidade além de acompanhar e conduzir os alunos na escola diaconal, de indicar para ordenação os primeiros 10 (dez) candidatos ao diaconato permanentes, que foram ordenados no dia 17 de dezembro de 1999. Ainda sob a direção do Pe. Alfredo houve outras ordenações. O 3º diretor nomeado foi o Mons. Lucas Batista Neto que durante vários anos conduziu, acompanhou e indicou diversos candidatos a ordenação diaconal, concluindo seu tempo no ano de 2013 com a ordenação dos últimos candidatos preparados sob a sua coordenação. Atualmente a escola passa por mudanças estruturais em que sendo estudadas como se dará esta nova fase de formação aos candidatos, e logo após esta nova estrutura de direção será indicado o novo diretor.

A Escola diaconal sempre primou por preparar da melhor forma possível os seus candidatos ao diaconato, passando por ela diversos e renomados padres e diáconos que contribuíram como professores com a formação dos aspirantes, cada um na sua área específica buscaram preparar os senhores para poderem atuar nos três ministérios a que são chamados os diáconos a atuarem, no ministério do Serviço, da Palavra e da Liturgia, além de buscarem dar aos candidatos condições humanas, sociais e psicológicas de entenderem a sagrada ordem a que estavam se encaminhando.

Nestes, aproximadamente 20 anos de existência da Escola Diaconal Santo Estevão, foram ordenados 70 diáconos permanentes, preparados por ela e conduzidos por seus diretores a sagrada ordem do diaconado permanente. Dentre eles tivemos ordenados 03 (Três) candidatos que escolheram a vida celibatária de atuação e o restante todos casados. A maioria dos ordenados foram designados e receberam suas provisões para atuação nas suas paróquias de origem e alguns atuam em setores e organismos arquidiocesanos.

Diác. Edmar de Araújo Conrado – Diretor da Escola Diaconal
Fone: (84): 36152800
E-mails: escoladiaconal@arquidiocesedenatal.org.br