Destaques › 20/05/2016

Reunião prepara comemoração dos 60 anos do 1º Encontro dos Bispos do NE

            

(Fotos: Cacilda Medeiros)

(Fotos: Cacilda Medeiros)

    Um grupo, coordenado pelo Observatório Social do Nordeste (OBSERNE), cujo presidente é o Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, se reuniu na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), campi de Campina Grande, nestes dias 18 e 19 de maio. A finalidade foi pensar uma agenda para comemorar os 60 anos do primeiro Encontro dos Bispos do Nordeste, realizado em maio de 1956, em Campina Grande.

A reunião iniciou na noite da quarta-feira, com uma reflexão conduzida pela socióloga e professora Tânia Bacelar, de Recife (PE), sobre a atual conjunta política e social vivida no Brasil. “Estamos num momento de crise aguda de disputa pelos recursos do Estado”, disse a professora, em relação à crise atual. Ela também fez um paralelo entre o momento atual e momentos que marcaram a história do Brasil, desde os anos 80, passando pela Constituição de 1988; dos anos 90, ‘período em que o País engatou na dinâmica da economia mundial’; do  Governo Lula, que, de acordo com professora, conseguiu promover avanços na vida da sociedade brasileira; finalizando com o governo Dilma, que ‘pegou o momento difícil da economia mundial e todas as consequências’.

obserne02A última parte do encontro foi realizada na manhã da quinta-feira. A programação iniciou com comentários, feitos pelos participantes, acerca da reflexão feita pela professora Tânia Bacelar.

Celebrar os 60 anos

No decorrer da manhã, surgiram várias sugestões de ações que podem ser realizadas para celebrar os 60 anos do Encontro dos Bispos do Nordeste. Dentro da programação comemorativa, acontecerá o lançamento de um livro, organizado pelo Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, com a colaboração de um grupo de pessoas. O livro, com o título “Sob os signos da esperança e da responsabilidade social”, reúne os anais do primeiro e do segundo Encontros dos Bispos do Nordeste, realizados, respectivamente, em 1956, em Campina Grande, e em 1959, em Natal.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.