Destaques › 13/11/2018

Arquidiocese celebra 30 anos de dedicação da Catedral

Catedral Metropolitana de Natal (Foto: Setor de Comunicação da Arquidiocese)

Na próxima quinta-feira, 15, serão celebrados os 30 anos da dedicação da Catedral Metropolitana de Natal. Às 19 horas será celebrada missa em ação de graças, presidida pelo arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha. A celebração também faz parte da programação da festa da padroeira da Arquidiocese e da cidade do Natal, Nossa Senhora da Apresentação, que ocorre no período de 11 a 21 de novembro. “A dedicação é o ato em que o bispo consagra e unge o altar e abre a catedral para as celebrações litúrgicas. A dedicação é uma festa para a Igreja Diocesana. Todas as paróquias celebram, nesse dia, nessa intenção”, explica o pároco da Catedral, Padre Valdir Cândido de Morais.

Catedral Metropolitana

Por muito anos, a Catedral de Natal foi a Igreja de Nossa Senhora da Apresentação, na Cidade Alta, também conhecida como “antiga Catedral”. Com o tempo, a população da capital cresceu e a Igreja de Nossa Senhora da Apresentação tornou-se pequena para acolher os fiéis. Após longos anos e alguns projetos, a Arquidiocese de Natal ganhou, enfim, uma nova Catedral, construída na Praça Pio X, no centro da capital potiguar, inaugurada em 21 de novembro de 1988, por Dom Alair Vilar.

Dom Antônio Soares Costa, então bispo auxiliar de Natal, coordenou a comissão responsável pela construção, que demorou 15 anos para ser inaugurada. O projeto arquitetônico ficou a cargo do arquiteto Marconi Grevi. Além do templo, onde há as celebrações, há o Centro Pastoral e Administrativo da Arquidiocese, no subsolo da Catedral. Na cripta da Catedral fica uma capela dedicada ao Santíssimo Sacramento, inaugurada no ano de 1991, pelo Papa João Paulo II.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X