Destaques, Notícias gerais › 02/04/2015

Arquidiocese celebra missa dos santos óleos

IMG_0030

Celebração da “Missa do Crisma” contou com a participação de 150 padres da Arquidiocese de Natal – FOTO: Luiza Gualberto

A Arquidiocese de Natal celebrou na manhã desta quinta-feira (02), a Missa do Crisma, mais conhecida como “Missa dos Santos Óleos”, celebração em que são abençoados os óleos que serão usados, durante o ano, na administração dos Sacramentos do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos. Também nesta data, é celebrada a instituição da eucaristia e do sacerdócio. A missa foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, concelebrada pelos padres e bispos eméritos da Arquidiocese. Na oportunidade, também foi entregue aos sacerdotes e diáconos, o exemplar do Diretório Arquidiocesano de Pastoral, documento que traz orientações acerca das atividades pastorais e celebrativas.

IMG_0050

Dom Jaime apresentando do Diretório Arquidiocesano de Pastoral – FOTO: Cacilda Medeiros

Durante a homilia, Dom Jaime ressaltou a importância da celebração da missa do crisma. “Nesta celebração, aprofundamos os sentimentos mais de comunhão. É o momento de proximidade do pastor com o seu rebanho”, destacou. Ainda durante a reflexão, o arcebispo meditou sobre a missão do sacerdote. “O sacerdócio deve ser vivido com fidelidade e motivação. O padre é recrutado, chamado a viver uma missão, de servidor ao reino de Deus”, pontuou.

Estiveram presentes á celebração, 150 padres, 45 diáconos permanentes, 07 diáconos transitórios, 43 seminaristas e os dois arcebispos eméritos da Arquidiocese de Natal: Dom Heitor de Araújo Sales e Dom Matias Patrício de Macedo.

Significado dos ‘Santos Óleos’:

Óleo do Crisma. É uma mistura de óleo de oliveira e bálsamo do Oriente, significando plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar a força e o perfume de Cristo. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no Sacramento da Ordem (diaconato e sacerdócio). A cor que representa esse óleo é o branco. Assim, a ampola que o contém é revestida de um véu branco.

Óleo dos Catecúmenos. Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo. Este óleo significa a força de Deus que penetra no catecúmeno (como o óleo que penetra em seu coração), o liberta e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. A cor do véu, que reveste a ampola ou o vaso que o contém, é vermelha.

IMG_0031

Catedral metropolitana repleta de fiéis – FOTO: Luiza Gualberto

Óleo dos Enfermos. É usado no sacramento dos enfermos. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação na doença, para o fortalecimento da pessoa a fim de enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. A cor do véu, que cobre a ampola, é roxa.

1 Comentário para “Arquidiocese celebra missa dos santos óleos”

  1. Suricato disse:

    Tempo é uma unidade de medição dos humanos. 12 anos atrás, de longe ao vivo divisei uma catedral andando por ruas de Natal. Era noite. Agora volto lá ainda que virtualmente e rezo mediante aquele lugar sagrado. 12 anos foi o tempo da noite que a madrugada da ressurreição me levou da morte para a vida…

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X