Destaques › 05/04/2017

Procissão do Encontro prepara fiéis para a Semana Santa

Encontro das imagens, no interior da Catedral, em 2016 (Foto: Cacilda Medeiros)

Encontro das imagens, no interior da Catedral, em 2016
(Foto: Cacilda Medeiros)

Centenas de fiéis devem participar da tradicional Procissão do Encontro, no final da tarde da próxima sexta-feira, 7, pelas ruas do centro de Natal. A procissão será antecedida por duas missas. Às 16h, terá início a primeira celebração, na Igreja do Bom Jesus das Dores, na Ribeira; e, às 16h30, terá início outra celebração, na Igreja de Nossa Senhora da Apresentação (antiga Catedral), na Cidade Alta. Após a missa, na Ribeira, os fiéis sairão em procissão, conduzindo a imagem do Bom Jesus dos Passos; e, após a missa, na antiga Catedral, outro grupo de fiéis sairá em procissão com a imagem de Nossa Senhora da Soledade. As duas procissões se encontrarão em frente à Catedral Metropolitana, onde haverá o sermão feito pelo Padre José Freitas Campos, pároco da Paróquia de São Sebastião, no Alecrim.

Tradição

Há cerca de 200 anos, um grupo de fiéis ligados às Irmandades do Bom Jesus dos Passos e do Santíssimo Sacramento, ambas da Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, na Cidade Alta, em Natal, organiza uma procissão, para relembrar a quarta estação da Via Sacra – o momento do encontro entre Jesus e Nossa Senhora, no caminho para o calvário. Tradicionalmente, a procissão acontece na sexta-feira que antecede a Semana Santa, como uma forma de convocar os fiéis para o sentimento da penitência e da conversão.

Diferentemente das imagens ‘comuns’ de santos, as duas imagens conduzidas na Procissão do Encontro são de ‘roca’, ou seja, são vestidas com trajes de tecido. As duas também são usadas desde a origem da procissão, em Natal.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X