Artigos, Notícias › 26/08/2021

Teologia da Sacristia

Por Pe. Matias Soares
Pároco da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório – Mirassol – Natal

Na formação dos futuros Presbíteros, uma preocupação faz-se mister ser aprofundada: “A qualidade teológica dos cursos de teologia”. No Brasil, especialmente, as reflexões teológicas, quando existem, estão numa linha mais de “teologia de sacristia” do que de uma “teologia pública” que veja a “cultura” moderna e pós-moderna como “Lugar Teológico”, de diálogo e de missão.

Com a onda midiática de “Gurus” da apologética pré-moderna e, às vezes”, contrários ao Concílio Vaticano II, potencializados pela força das “Mídias Sociais”, a teologia do pano e das bolhas ultramontanistas ganhou um espaço, que cada vez mais, tem lançado resistências ao pontificado do Papa Francisco e ao dinamismo próprio dos sinais dos tempos.

Vale uma reflexão nesta linha para delimitarmos as fronteiras e os desafios teológicos e humanos do caminho que a Igreja é chamada a trilhar nesta fase pandêmica e pós-pandemia. Essa questão deve preocupar-nos, caso tenhamos uma hermenêutica teológica da História. Assim o seja!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X